6 maneiras eficazes de captar clientes na advocacia

Captar clientes na advocacia pode ser um grande desafio, principalmente para os que recém-conquistaram suas carteiras da OAB.

O código de ética cria uma série de restrições à publicidade, dando prioridade à imagem e boa reputação dos profissionais, em detrimento de uma forma mais ostensiva de informar os potenciais clientes.

Assim, os advogados precisam focar em soluções que sejam, ao mesmo tempo, eficazes e que respeitem a legislação profissional.

Caso queira conhecer seis maneiras de atender a esses dois requisitos, continue lendo!

1. Participe de eventos culturais e educativos

Muitas vezes, o profissional tem de ir aonde os clientes estão. O advogado deve ser figurinha carimbada em congressos, seminários, palestras e outros eventos culturais e educativos, principalmente nos específicos da comunidade jurídica.

Assim, conhecemos pessoas de todas as áreas, que podem, eventualmente, precisar de nossos serviços ou indicar possíveis clientes.

2. Distribua cartões de visita

Uma prática antiga e eficaz é a de distribuir cartões de visita. Isso porque, captar clientes na advocacia diz respeito a criação de vínculos com pessoas— que podem ou não precisar do serviço em um primeiro momento.

De fato, o xis da questão é manter a relação e o contato com o cliente, uma vez que os problemas jurídicos surgem sem aviso prévio.

Assim, um simples cartão com as informações essenciais para realizar um contato pode fazer toda a diferença.

3. Use as redes sociais de modo consciente

Hoje em dia, muitas pessoas utilizam prioritariamente a internet para encontrar advogados ou conhecer um pouco mais sobre os profissionais indicados pelo “boca a boca”.

Sendo assim, manter redes sociais (Facebook, Linkedin, Twitter etc.) atualizadas, sempre compartilhando conteúdo jurídico relevante e de interesse de potenciais clientes, ajuda na construção de uma imagem positiva, bem como na obtenção de novas causas.

Outra medida útil é criar um site com as informações essenciais sobre os serviços prestados e os meios de contato profissional, facilitando a vida daqueles que buscam um advogado pela rede mundial de computadores.

4. Faça seu escritório ser visto

Caso já tenha um escritório, seu trabalho será cuidar para que ele seja facilmente encontrado. Como fazer isso?

Uma maneira simples e eficaz é realizar o cadastro no Googleplaces. Assim, o endereço ficará visível no Google Maps, e aparecerá sempre que uma pessoa pesquisar por advogados na sua cidade.

5. Atue como correspondente jurídico

Advogados e escritórios, muitas vezes, têm a necessidade de terceirizar tarefas do cotidiano da prática jurídica. Por exemplo, solicitar a um colega que protocolize um recurso em uma cidade vizinha ou que participe de uma audiência.

Em razão disso, atualmente existe uma grande demanda por correspondentes jurídicos, pessoas que realizam esse tipo de tarefa.

Essa atuação, além aumentar a experiência, permite o contato com escritórios e advogados que, muitas vezes, precisam indicar outros profissionais para clientes e conhecidos, como em casos de impedimento, área de especialização diversa da exigida para a demanda, local ou horário de trabalho incompatíveis etc.

6. Escreva sobre os temas jurídicos da sua área

Muitos profissionais realizam o marketing jurídico, mantendo blogs ou páginas do Facebook, nas quais escrevem regularmente sobre conteúdos de sua área de atuação. Por exemplo, um advogado cível pode escrever sobre o direito de troca de produtos, a responsabilidade dos fornecedores de serviços etc.

Atualmente, já existem até mesmo serviços especializados no suporte a essa modalidade de captação de clientes, principalmente oferecendo ambientes ou plataformas virtuais, com os recursos necessários para divulgação dos textos.

Essa prática atrai pessoas interessadas nos assuntos abordados que, ao chegarem na página, têm acesso aos contatos do profissional e podem se tornar futuros clientes.

Com isso e com as demais dicas mencionadas, você certamente vencerá esse importante desafio de captar clientes na advocacia e aumentará seu número de causas.

Gostou? Conhece alguma dica que deixamos de fora? Comente! Seu feedback é muito importante e nos ajuda a construir um conteúdo cada vez mais relevante.

Commentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *